Diário de Viagem: New York #1

Alou alou! Falei que voltaria falando um pouco mais da minha viagem, e aqui estou eu galera linda! Enfim, todas as fotinhas aqui representam um pouco do sonho que passei ficando 15 dias nos EUA, e claro, quero que vocês sintam na pele tudo que senti e passei, espero que gostem e que assim como eu, se apaixonem pelas fotos.

IMG_5530

 

Essa foto mostra nosso sofrimento esperando no aeroporto ahuahuahau todos com carinhas de cansados, mas mais ansiosos que tuuuuuuuuuudo! É a melhor parte, sem condição, parece que a ficha não cai que você esta indo sabe? Parece que ta ainda no seu sonho e tal. Cansa, e cansa muuuuuuuuito, já que é uma bagunça né, fazer check in, cuidar de mala, de passaporte, não conseguir dormir, esperar a hora etc.

IMG_5533

 

Nossa turminha toda junta ❤

IMG_5539

 

IMG_5540

 

Claro que tirei fotinhas no avião para vocês né ahuahua

IMG_5547

 

IMG_5561

 

E bom, o post de hoje acaba aqui :/ chegamos em NY super a noite e já capotamos na cama, depois de 1 dia e pouco sem tomar banho (ecati) ahuahuahu

Bisoooooooous, Analú!

Hora do Chá: Dreads

Alôoou galera! Que saudade daqui, de conversar com vocês :c ahua e pra quem me segue no Instagram ( @_analullu), e pra quem estava atenta aos posts passados, sabe que viajei para os EUA, e passei 15 dias lá! Voltei quarta feira, e mortinha de canseira, e claro, querendo um tento para matar a saudade dos meus amigos, deixei pra voltar pro blog só agora, me desculpem :c Mas a novidade é que: tenho muuuuuuuuitas coisas legais pra falar no blog agora ❤ E sobre a viagem, logo logo vou falar mais sobre ela.

large (2)

Hoje o post é sobre Dreads, meus famosinhos preferidos ❤ Sim, tenho um e já to doidinha pra fazer outro, o único problema é que eu tenho muitíssimo pouco cabelo, sendo assim, não posso abusar muito :/ Mas adoro o meu, e adoro todo o tipo de cabelo com essas belezinhas de enfeite ❤

História: Os dreads, não foram criados com o movimento rastafári e com o Bob Marley, que é o que muita gente pensa. Mas os dreads são tão antigos que é quase impossível marcar certinho a data de seu ‘’nascimento’’.

Mas o que se sabe é que povos que habitavam a região da Etiópia foram provavelmente os primeiros a se utilizar dos dreads principalmente por uma questão de praticidade: os cabelos tornavam-se longos e era extremamente difícil corta-los, então, deixavam que se enrolassem e com o óleo natural do couro cabeludo torciam os cabelos para que conservassem uma forma cilíndrica, que diminuía o volume e tamanho do cabelo original.

large (3)

E hoje em dia, estão voltando com tudo, deixando os cabelos com uma cara mais legal! Existem várias formas de se fazer um dread hoje em dia, com cera de vela, óleo natural, com linha e claro, com o próprio cabelo e um pouco de aplique (cabelos comprados) e uma agulha, que é o caso do meu. Fiz o meu com Ivana, e adorei o resultado. E hoje em dia, quem passa a linha pra mim, e cuida da manutenção é o Beto Sahium, meu amigo que vocês todos já devem estar cansados de me verem falando dele aqui rs

O cuidado com dread é dobrado, já que se não limpos sempre, podem causar fungos e mau cheiro, e ao contrário do que todo mundo diz: é fácil sim lavar o dread! Você lava normalmente, esfrega e o deixa secar naturalmente, por isso o interessante seria você lavar o seu cabelo de manha, para que a noite ele já esteja completamente seco.

large (4)

Se você se interessa e tem vontade de fazer, aqui vão meus conselhos: faça! Ahahhaha sério, fiz o meu porque morria de vontade, e quando fiz, virou meu xuxu! Cuido bem dele, lavo, seco etc, e nunca me deu problema algum. O importante é você ter a autorização de seus pais , já que quando você quiser tirá-lo, precisará cortar um pedaço do seu cabelo, então tenha isso em mente desde já. Aos interessados, me procure que passo os contatos Ivana e do Beto para vocês marcarem um horário e combinarem o preço, super indico os dois :*

large (5)

large (6)

large (7)

large (8)

Bisooooooooooooooooous, logo volto com posts legais, Analú.

 

 

 

Semana Passada:

Oi alôu! Hoje trouxe mais uma vez atrasada pra vocês o Post Semana Passada né :/ mas enfim, o que importa é que eu trouxe hauah

semana

 

1- Segunda postei essa fotinha ❤ muitcho fofa que tirei no Parque Ibirapuera (tem post dele ai embaixo!)

2- Terça, escolhi uma foto mais doidinha hahaha vi essa imagem colada nas paredes da Rua Augusta .

3- Quarta: Outra fotinha que vocês já viram também no Post do Parque.

semana2

 

4- Sexta postei essa da placa que tinha no Caos.

5- E sábado foi essa do betin comigu ❤

 

É isso ai galera, e por falar me Instagram, to indo viajar quarta ❤ e vai ser uma viagem muuuuuuuito legal com muuuuuitas fotinhas lindjas pra vocês, então fiquem de olho: @_analullu

Bisous, Analú.

Inspiração da Semana:

Aroouu, depois de muito tempo trouxe um post de inspiração ❤ Não sei vocês, mas eu estou derretendo com esse super calor que tá fazendo esse dias, e por isso só quero saber de roupinhas leves, soltas e fofinhas.  Ah, e as fotinhas estão pequenas porque o LookBook esta de pagodinho com a minha cara e não quer liberar essas fotos maiores, mas no próximo post dou um jeitinho nisso.

3485665_bandit

 

3492509_IMG_9286_copy

 

3493514_IMG_9286

 

3493636_LB

 

3493763_DSC02014_copy

 

3497376_dream

 

3498829_look_maeda

 

E os looks escolhidos foram esses, rs. E vocês, como estão aguentando esse calor louco? Mande fotos dos looks!

Bisooooous, Analú.

Inoubliable Pour Moi: Parque Ibirapuera- São Paulo

alôu, alôu! Demorei um cadin, e peço mil desculpas por dessa vez não estar fazendo o diário de viagem etc e tal…mas é que, dessa vez to fazendo tanta coisa, passando de um lugar para o outro aqui em São Paulo todo o tempo, e claro, aproveitando ao máximo minhas férias ao lado do Beto e do Arthur ❤ E como prometido no post anterior, trouxe outro lugar maravilhoso que você deve conhecer por aqui.

Quem ai é louco com parques como eu? É, em patrocínio não temos nada parecido 😦 E isso é uma das coisas que mais me faz falta por lá, sinceramente…Acontece que, gosto de lugares que dá pra tirar um tempo do movimento, com árvores e lugares que você possa deitar e ficar ali pensando na vida ou levar todos seus amigos para aproveitar. E bom, aqui em São Paulo teeeeem um parque assim (ok, me diz o que São Paulo não tem né?rs), e esse parque se chama Ibirapuera. Entrei pela primeira vez essa semana, claro que eu já sabia de sua existência etc e tal…mas é  muito longe do meu avô, por isso nunca arrisquei ir pras bandas de lá, mas dessa vez, meus amigos estão ficando em um lugar pertinho dali, tão pertinho que fomos a pé), e olha me arrependi mesmo de não ter entrado antes.

image (4)

 

O parque é dividido em portões, e em cada você tem uma entrada diferente e caminhos super maravilhosos ❤ Nós, por exemplo sempre entrávamos pelo portão 7, que é o mais perto de onde estávamos.

image (6)

E pra quem gosta de fotografias, e passar horas e hooooras fotografando, o parque é um lugar perfeito. É incrível o número de fotógrafos que eu vi por lá, e realmente existem cenários perfeitos para um bom book ou qualquer coisa do tipo.

image (7)

image (3)

 

E o que eu mais gosto lá, é claro, é deitar na grama e não levantar mais hauahua é sério, sou tão morta que não consigo ver lugares assim que já deito e tiro um coxinho legal.

image (5)

E outro cantinho maravilhoso é o lago. Quando começa a escurecer todo mundo senta no cantinho do lago para ver o show que tem por ali com as fontes, se eu não me engano são 2o minutos de show, com cores e tal, bem lindo mesmo! Além de que, durante essa época, natal e um pouco depois, toda as árvores são decoradas com pisca-pisca, e sou extremamente louca com isso ahauha tanto que quando eu as vi acendendo quase tive um piripaque ali mesmo. É um lugar bem família mesmo, com casais ( #xorei) deitadinhos ali curtindo o momento,etc.

image (1)

 

image

Ah, e pra quem gosta de skates, longs, patins etc, no parque é cheeeeio de gente que anda! Inclusive de bike, é super legal. Você vê cada manobra legal, pessoas diferentes, longs e skates de todos os jeitos…enfim, fiquei bobinha quando os vi brincando um pouco ali no meio. E pra quem gosta de bike mas acha complicado levar de casa, lá tem como alugar viu? R$5,00 por hora, mas não se esqueça de anotar ai que pra alugar uma dessas, você vai precisar da sua identidade e de um comprovante de residência.

image (2)

 

O endereço é Av. Pedro Álvares Cabral- Vila Mariana, São Paulo- SP.

Bisooooooous, Analú!

 

 

 

Dica de Restaurante: Bacalhoeiro

Oi oi galerinha! hauah Hoje o post vai ser uma diquinha pra vocês que vão conhecer São Paulo e querem um restaurante super legal (além de maravilhoso).  Faz um tempo já que eu o conheço, já que minha família daqui adora esse restaurante, mas sempre me esqueci de contar dele para vocês :c dessa vez trouxe um pouquinho dessa belezura porém sem fotos minhas. Isso mesmo, só vim falar um pouquinho dele aqui para vocês terem a curiosidade de ir conhecer, mas todas as fotos eu peguei na Internet hauhauhau

Bom, estou em São Paulo mais uma vez, não me canso nunca de passar as férias nessa cidade, e dessa vez trouxe 2 amigos comigo pra curtir essa maravilha ❤ não tive muito tempo de tirar fotos ainda, mas podem apostar que vou falando aqui os lugares que eu for e adorar, e se vocês quiserem ficar por dentro de tudo aqui, to sempre no Instagram: @_analullu

Cheguei no Sábado a tarde, e logo depois de deixar as malas aqui na casa do meu avô, fomos para o Bacalhoeiro. Gosto de lá pelo fato de que como só como carne de peixe, consigo me alimentar bem e sou louca, louquinha meeeeeeesmo pelo espaço…que é realmente muito chiq ui. ahuahu

bacalhoeiro_fach1_bx_tadeu-brunelli_pi

 

A entrada é bem fofinha ❤ com um espaço do lado de fora perto do bar para quem curte observar o movimento da rua.

portrait1_barra

O bar, logo na entrada é peeeeerfeito! Sim, perfeito mesmo, (nalú doidinha com bares heuhe) com quadros pendurados para todos os lados, as bebidas a mostra na estante, enfim…todo organizado e lindo.

bacalhoeiro1

 

BACALHOEIRO.leonardosoares_600

 

g-sp-bacalhoeiro1

 

E o resto do restaurante…não poderia ser mais perfeito né?! Além de tudo isso, os pratos são excelentes e imensos, juro! Daqueles que você precisa dividir com alguém, sabe? Os preços são um pouquinho salgados, com um restaurante desses também né, mas garanto que vale muuuuito a pena mesmo.

E o que eu mais gosto de lá, é de como o povo se veste. Sim, mulheres sempre de salto alto,  vestidos impecáveis, homens de terno, gravata…bom, vocês conhecem, rs.

O endereço é Rua Azevedo Soares 1580- Tatuapé São Paulo, Capital. Da próxima vez que vierem passear por aqui, fica a dica de dar uma passadinha nesse lugar maravilhoso! Ah, e me desculpem pelas fotos hauha realmente não tinha pensado em fazer um post e tal, por isso nem tirei foto nem nada, mas da próxima vez que eu for tiro umas fotos bem maravilhosas para vocês.

Bisoooooous, Analú!