Sobre Gravatas

Oi oi oi galera! O Vinícius Martins fez outro post pra gente!

Gravatas: essa tira de tecido, estreita e longa, usada atada por um nó. Peça importante para a composição de um look formal masculino.

ImagemA origem dessa peça de vestuário é controversa, mas sabe-se que egípcios foram um dos primeiros a usar adornos ao redor do pescoço; romanos já usavam ao nível do pescoço uma peça semelhante à gravata, conhecida como ‘focale’. Atribui-se a introdução da gravata aos soldados croatas a serviço da França durante a Guerra dos Trinta Anos. Os pedaços de tecidos, atados ao pescoço dos soldados com distintivos laços, teriam causado enorme alvoroço em toda a sociedade parisiense. Tal acessório era usado como distintivo militar pelos croatas, sendo de tecido rústico para os soldados e de algodão ou seda para os superiores.

Os franceses logo se encantaram com esse adereço elegante e desconhecido, que chamaram de cravat, que significa croata. O próprio rei Luis XIV ordenou que seu alfaiate particular criasse uma peça semelhante ao dos croatas e que a incorporasse aos trajes reais.

Da França espalhou-se para o mundo, e até então tem sido peça de amor e de ódio entre os homens.

Até há pouco tempo ternos e gravatas apareciam, obrigatoriamente, na mesma frase, mas como entramos o século XXI quebrando paradigmas, não tardou para que a velha companheira dos executivos passasse a figurar em colarinhos menos formais. Com sua popularidade catapultada por ‘popstars’ e pelo modelo “skinny” e “super-skinny”, mais jovem e casual, o acessório pulou de um estilo para o outro, cada vez mais desvinculado de seu antigo comparsa, o terno.

Imagem

À primeira vez que tive de usar uma gravata, também estranhei e apanhei daquele nó que já estava pronto e do comprimento bem maior que o ideal para meu tamanho. Mas, depois de um tempo, por outros motivos, a gravata passou a fazer parte do meu guarda-roupas e hoje, tenho quase uma dúzia, e sim, isso é muita coisa.
Minha paixão são as “skinny” e “super–skinny”, tenho uma só nesse estilo, mas já a cobiçava há algum tempo. Como o nome já diz, a gravata é fina, você pode usá-la com jeans, deixando o look mais despojado, use também com a camisa de manga dobrada.

Imagem

 

Agora , para as meninas [sim , para as meninas também].
As gravatas até um tempo atrás figurava apenas nos looks masculinos, mas não é de agora que as mulheres tem a tendência de vestir itens do guarda roupa masculino; A gravata deixou de ser um acessório exclusivamente masculino por volta dos anos 80, quando começou a ser usado por muitas mulheres como demonstração de capacidade e sinal de força. As gravatas, em diferentes modelos e tecidos, passaram a ser inseridas nas produções femininas, imprimindo muito charme e elegância ao visual.

Imagem

 

Pode ser usada como faixa de cabelo, lenço no pescoço, faixa, acessório para bolsa, acessório para cabelo e echarpe. E para as meninas que gostam de usar roupas com modelagem masculina, a dica é usar como cinto ou pulseira, que fica supermoderno e dá um ar sofisticado!

Imagem

 

É isso galera! Espero que tenham gostado! Ah, e qualquer ideia que vocês tiverem para o próximo post, falem com ele! Twitter: @_VinceSemSaber

Bisous,bisooous, Analú.

Anúncios

Papo cueca: Nó de gravata.

Boa tarde pessoas da terra! Vim falar com vocês um assunto que muitas pessoas (não só homens) têm dúvidas: Nós de gravatas. Eu particularmente acho gravatas um charme, pois dão um toque de elegância e estilo no homem mas, quando usadas corretamente. A Yas e eu preparamos um questionário ajudando a sanar todas as dúvidas de uso do mesmo. Esperamos que gostem!

As gravatas podem sinalizar personalidade.
Se você ainda usa aquela mesma gravata desde de mil novecentos e bolinha, repense seus conceitos. Mude a cor, a estampa; enfim, troque a gravata! Pois lembre-se que a roupa expressa seu estado de espírito.

Onde termina a gravata?
Ela deve sempre cobrir a fivela do seu cinto e parar por aí, independente da altura da pessoa.

Deixar a gravata guardada com o nó feito pode facilitar a vida?
Se dar nó em gravatas não é a sua especialidade, entendemos; mas não faça o nó hoje para usar a gravata amanhã com a intenção de evitar transtornos. Seus problemas só aumentarão, pois terá que desfazer o nó para passar a gravata e fazê-lo novamente.

Pode ir a um casamento sem gravata?
Para casamentos o ideal é ir com gravata. Mas os mais jovens podem deixar o acessório em casa, contanto que caprichem no restante da produção. Pode abrir mão da gravata, não do terno.

Qual a diferença das mais estreitas e mais grossas? Como fica o nó?
É mais uma questão de tendência, em algumas estações a moda é usar gravatas mais grossas e em outras mais estreitas.
O nó deve acompanhar a largura da gravata para ficar proporcional. Quanto mais larga a gravata, maior o nó.

É possível usar gravata e calça jeans? Quando?
Um homem de estilo mais arrojado pode usar gravata com calça jeans, mas com algumas condições.
Com camisa e sapato social e calça impecável, sem detalhes ou rasgos e sempre uma lavagem mais discreta. Deve usar blazer mais acinturado para compor um look mais moderno. Se de um calorzinho; esquece! Não dá pra tirar o blazer. Ele é que dá o charme do visual. Só de calça e camisa a gravata fica extremamente brega. Essa combinação é ideal para jantares com amigos, sexta casual e eventos em que o terno não é imprescindível.

Separamos também, algumas fotos ensinando como fazer certos tipos de nós:

Imagem

1: Nó duplo.

Imagem

 2: Nó meio Windsor.

Imagem

 3: Nó pequeno.

Imagem

4: Nó simples.

Imagem

 5: Nó windsor.

Imagem

6: Nó borboleta.

Até o próximo post, galera! Bisou ou ouuu Yaya. ♥