SPFW #2

Olá galera! Ontem não consegui postar 😦 então hoje o post será do que mais me chamou atenção no 2 dia de desfiles em São Paulo, que aconteceu nessa terça-feira. 

Osklen 

Osklen buscou inspiração no grupo indígena Ashaninka, do Acre. 

  

O estilista Oskar e suas modelos no final do desfile:

  

Paula Raia 

Apresentou alta-costura de alma tropial e uma elegância maravilhosa. O universo marítmo combinava com franjas lisas, de inspirações indígenas. 

  

Ellus 

Marrocos que inspirou essa coleção, uma mistura de looks crus com amarroções inspiradas nos povos barbares. Apresentam jaquetas de náilon e saias safári.

  

E foram esses 3 desfiles que mais me prenderam a atenção. 

Bisous, bisoooous, Analú! 

Anúncios

SPFW #1 

O primeiro dia de SPFW foi maravilhoso. Claro que segui tudo pelo Instagram @ffw e outros de blogueiras que sempre gostei, e trouxe as melhores coisas que gostei para compartilhar com vocês. 

Animale 

A maquiagem do desfile foi marcada com um deliniador um pouco diferente, no primeiro momento quando você os olha parece normal, mas quando as modelos fecham os olhos, você consegue ver um borrado de propósito. 

  

Graças a Deus as cintuas altas continuam com tudo! Os tops croppeds continuam na mesma onda também, vestidos com cortes ousados e tênis com um ar esportista arrasaram na passarela. 

  

  

  

TNG 

A maquiagem deste desfile também foi inspirado em deliniadores.

  

Os modelos também vieram com tudo nesse desfile, marcados no estilo Rockabilly com um topetão. 

  

Nas roupas podemos perceber uma grande lavagem de jeans

                         

                         

Flores e croppeds misturados com jeans também marcaram presença.

                         

                         

                         

Como podemos perceber os topetes estão em todas as modelos também. 

Cavalera 

O desfile da Cavalera foi um dos que mais me impressionou, 20 índios da tribo yawanawa estiveram na passarela cantarolando e realizando um ritual de purificação. 

E isso fez com que as roupas dessa colação apresentassem cores e cortes diferentes. 

                            

                            

                             

                             

Patricia Bonaldi 

Esse desfile foi um dos mais lindos que já vi! Com tecidos maravilhoses, cores e bordados em 3D. 

                             

                              

  

 

E foram essas as novidades que decidi compartilhar com vocês. Hoje tem mais e amanha vou trazer mais coisas! 

Bisous, bisouuuus, Analú!

Como ser uma It Girl 

             

Olá! olá, queridos! Voltei com um post quentinho para vocês. E o tema de hoje é: It Girls. 

Bom, para quem não sabe, It Girl é aquela garota estilosa, que mostra sua forte personalidade e claro, lança sua própria moda. O que a deixa confiante assim é uma mistura de dicas que ela adota para o seu dia a dia. E sendo assim, trouxe para vocês algumas dessas dicas que consegui achar por aí, vamos lá? 

1 Ser alternativa e nunca burguesa

O que isso quer dizer? Não tenha medo de usar o que gosta. Procure usar aquilo que você considera bonito e não o que as tendências mandam.

2 Rimar chique com cheap conta como 100 pontos nessa brincadeira

Uma verdadeira It Girl foge de conjuntos, mescla estilos e marcas, e a ideia e sempee se diveerir com o que tem. Seu guarda-roupa possui coisas baratinhas e também roupas luxuosas

3 O segredo é sentir-se bem

Conheça seu corpo. Não adianta montar um look maravilhoso se ele a deixa desconfortável não é mesmo? 

4 O ídolo da It Girl

Quanri mais desconhecida melhor. Como as estilistas, elas se inspiram na moda de rua.

5 Algumas regras são feitas para serem quebradas

E se ela acredita que ems eu look, vermelho vai combinar com laranja, ela tenta, inventa e usa! A graça é conseguir montar uma coisa nova.

6 Não se deixar inebriar pela abundância 

Uma It Girl tem seu armário organizado, ela sabe o que deve e o que não deve comprar. Mesmo com um orçamento médio, existem milhões de formas de compor um look maravilhoso. Ah, e é preciso se desfazer do que não é essencial, afinal, do que adianta guardar aquela roupa se você não planeja usá-la? Essas peças podem ser úteis a milhões de pessoas.

7 Assimilar tendências 

Essa garota detesta seguir tendências, mas ainda sim as conhece e consegue fielmente conversar sobre tudo o que acontece no universo da moda. 

E foi isso galera! Amanhã espero conseguir postar algo do SPFW que começou hoje! Então fiquem atentos.

Hoje é dia do beijo, então: milhões de bisooooous, Analú. 

Por que a moda é tão interessante?

image

Olá galera! Depois de muito tempo, voltei a ter ideia do que postar para vocês. Passei esse domingo inteiro sozinha assistindo Supernatural e claro, Gossip Girl. E, depois de vários episódios observando as maravilhosas Blair e Serena, quis expressar um pouco a todos vocês de onde vem essa mágica que é gostar da moda.

Fico ouvindo todos os meus colegas de sala/amigos dizendo sobre o que querem fazer na faculdade, e como o curso deles são, e sinceramente nunca fui de ligar muito para tudo o que eles falam, não é que eu esteja falando que não sejam importantes, ou interessantes, o que quero realmente dizer é que são sempre iguais, entendem? Agora, quando o assunto é o univrso da moda e de tudo aquilo que esta conectado a ela, os assuntos não param, não são monótonos e claro, nos conseguem falar sobre infinitas coisas que nunca pensamos estar ligados a moda.

Nunca me esqueci da cena do filme O Diabo Veste Prada, de quando em um camarim as produtoas de moda perguntam a Miranda qual cor usar, e Andrea ri, uma vez que acha que o azul é o mesmo nas duas peças, então Miranda fica furiosa e começa a explicar de onde aqueles azuis vem, qual a história das cores e de como foram parar ali, afirmando que Andrea, assim como a maioria das pessoas do mundo ignoram as cores de roupas que usam no dia a dia, sem ao menos saber como aquela roupa foi parar na loja em que comprou. Conseguem observar? A moda vai alem de roupas e cores e combinações que vocês e suas amigas fazem antes de sairem, ela vai além de histórias, de pessoas e do mundo.

Não consigo me acostumar com a ideia de que a moda esta sempre em constante mudança, isso realmente me alucina, e é umas das razões que fazem com que eu afirme com todo meu coração que este é o caminho que quero seguir, e claro, ficarei mais que satisfeita em compartilhar todas as minhas pesquisas e descobertas com vocês.

Bisous, bisous, Analú!